Está cansado da vida de empregado e quer se tornar empregador? Hoje vamos falar um pouco sobre os primeiros passos para quem está interessado em começar um pequeno negócio. Fique à vontade para comentar e dizer o que você pensa sobre nossa singela lista com as cinco principais dicas.

1. Você não precisa reinventar a roda

Se você tem uma idéia genial, de um negócio revolucionário, parabéns, você é 1 em 1 milhão… A maioria de nós não é gênio e mesmo assim quer montar um negócio e ser dono do próprio nariz. Então o que fazer? A resposta é simples: vá em frente. Você pode montar uma padaria na sua cidade, que tem outras dezenas de padarias e ainda assim se diferenciar. O importante é inovar na forma de fazer e não no que fazer.

Uma dica interessante é descobrir um negócio que esteja dando certo em outro lugar e trazer a idéia para sua cidade ou região. Se está dando certo para aquele empresário, as chances de dar certo para você também são muito boas.

2. Nunca entre em um negócio que você não conhece

Já sabe o que vai fazer? Que tipo de empresa vai abrir? Muito bom, agora você precisa aprender como fazer. Se você já sabe tudo sobre o ramo de negócios em que vai empreender, mais uma vez parabéns. Como a maioria não sabe, ou poderia saber mais, essa dica é muito importante. Pesquise, freqüente cursos, leia, aprenda. Informação e conhecimento nunca são demais.

3. Comece pelo início

Faça um plano de negócios. Você já deve ter ouvido essa dica 1 milhão de vezes… eu também já ouvi…. Mas é de extrema importância para você saber onde está e onde pretende chegar. Coloque tudo no papel. Pesquise, converse com empreendedores mais experientes, tire dúvidas, não tenha medo de perguntar. Procure um contador, um advogado, geralmente eles não cobram para dar explicações. Pelo menos comigo não cobraram…

É muito importante saber qual seu ponto de partida. Quanto de capital você tem para iniciar? Irá precisar de financiamento? Vai abrir o negócio sozinho ou com um sócio? É importante pesquisar sobre o mercado na sua região, (as pessoas estão interessadas no seu produto, ou serviço, existe demanda?). Qual o melhor ponto para abrir o negócio, Qual a legislação que se aplica ao seu modelo de negócio? Quais os trâmites na prefeitura, na receita, na junta comercial… Tenha tudo no papel, planejado, antes de colocar em prática. Só assim você poderá diminuir os riscos e melhorar suas chances de sucesso.

4. Não fique só no papel

Depois de feito seu plano de negócios, é hora de dar o próximo passo. Coloque suas idéias em prática, agora que está tudo ordenado no plano. Siga as etapas do plano e saia da inércia, como diz meu sogro…

O que vai diferenciar um verdadeiro empreendedor de um fracassado é esse passo, colocar em prática, sair da zona de conforto e colocar o bloco na rua. Se você planeja, mas não coloca o plano em prática, você não é um empreendedor. No máximo um planejador…

5. Faça diferente

No item 1 eu disse que o importante não é o que você faz, mas como você faz. Pois esse é um ponto crucial. Se você atende seus clientes da mesma forma que a concorrência, se oferece os mesmos diferenciais, eles não são mais diferenciais, são cópias… Não tente ser o melhor, mas seja diferente. Acrescente valor para a vida do seu cliente e será muito bem recompensado por isso. Seja criativo na hora de entregar seu produto ou serviço.

About The Author

Jornalista, formado em comunicação social pela UFJF, natural do interior de Minas Gerais, mas reside em Porto Velho, Rondônia desde agosto de 2008. Por 2 anos foi coordenador de marketing do Sistema Sicoob na região norte do Brasil, atendendo aos estados de Rondônia, Acre e Amazonas. Apaixonado por negócios e empresas, obcecado por formas de acumular riqueza e investimentos. Também escreve para o blog Eu Milionário.