Poucos sabem, mas a ausência de textos mais constantes no blog se deve ao fato de eu estar no processo inicial de abertura de uma empresa. Conforme eu for passando pelas etapas necessárias, vou escrevendo uma série de textos explicando o que eu aprendi e como toquei a fase do processo. Hoje eu vou falar quais foram as primeiras coisas que eu fiz depois que decidi abrir uma empresa.

Qual é o meu objetivo?

duvida-01 Você sabe o que é um negócio?
Você já parou para pensar porquê você quer entrar no mundo dos negócios? Essa são perguntas que todos devem se fazer para ver se o negócio que você vai abrir realmente vai atender às suas expectativas. Se não atender, você pode abandonar o barco no meio do caminho ou simplesmente deixá-lo afundar por falta de motivação.

No meu caso, eu quero abrir um negócio que:

  1. Seja o primeiro passo para um segundo negócio
  2. Que me faça trabalhar menos do que eu já trabalho como assalariado
  3. Que me dê mais dinheiro do que eu ganho como assalariado

Objetivos definidos: o negócio que tenho em mente não atende às minhas expectativas

Se você chegar à conclusão de que o que você tinha em mente realmente não atende, não se desespere pois no mercado existem inúmeras oportunidades para todos os gostos. Comece a pensar em alternativas imaginando possíveis produtos e/ou serviços que poderiam ser oferecidos e que, de uma forma geral, estejam dentro do que você definiu que quer para si mesmo.

“Não consigo pensar em outra coisa. O que eu faço?”

Se você não consegue ter uma idéia de um outro negócio que você gostaria de tocar, saiba que existem muitas idéias que já deram certo e que estão apenas esperando para serem usadas: as franquias.

As franquias são sistemas negociais já prontos onde você precisa “apenas” ter o capital necessário para investir na abertura de uma. As maiores vantagens, na minha opinião, são:

  • Não há necessidade de construção de um nome pois o marketing da marca já foi feito e já atingiu a população.
  • Não há necessidade de se preocupar com processos e com logística pois ao comprar a franquia você ganha acesso à documentos que falam como tudo deve ser feito.
  • Normalmente os processos das franquias indicam uma forma de administração que permita que o dono não tenha que trabalhar sempre na franquia. Ou seja, muitos os donos de franquias tem um pouco mais de tempo livre do que pessoas que montaram seu primeiro negócio do zero.

O negócio que eu tenho em mente atende às minhas expectativas. E agora?

Agora o objetivo do artigo foi atingido: você decidiu qual negócio abrir. No próximo artigo iremos falar sobre os próximos passos que você pode tomar para começar a botar em prática o plano de abrir o seu próprio negócio.

Você tem algum comentário, crítica ou sugestão? Entre no fórum e deixe-nos uma mensagem comentando sobre o artigo!

About The Author

Empresário (CEO da agência de comunicação PIBIT) e consultor de tecnologia da informação e comunicação digital, é o fundador e editor do blog Produzindo.net. Se dedica a essa atividade pela paixão que tem pelo lema que tomou para a sua vida: “aprender para ensinar”.

  • Gislaine

    ola eu gostaria de abrir uma loja de cosmeticos tu acha que e um bom negocio.?

  • http://www.produzindo.net/ Bernardo Pina

    Gislaine, fica difícil eu te dizer se é ou não um bom negócio, pois existem INÚMEROS fatores que devem ser levados em consideração para se dar essa resposta.

    O que posso lhe dizer é que existem várias lojas e franquias de sucesso na área de cosméticos. =)