Ricardo Pereira: “Bernardo, ontem eu recebi uma ótima notícia no meu trabalho. Vão abrir um novo setor e me disseram que é muito provável que seja eu quem irá liderar a equipe. O problema é que não sabem ao certo quel é o prazo para isso acontecer. Em contrapartida, recebi hoje uma proposta de emprego em outra empresa, proposta essa muito boa por sinal (financeiramente falando). Estou em dúvida quanto às duas oportunidades… Aonde eu trabalho, se sair essa vaga e eu for o escolhido para preenche-la, irei ganhar mais e será melhor para meu currículo. Só que vale a pena esperar trocando o certo pelo incerto?”

Ricardo, fiquei especialmente feliz em ler a sua pergunta porque eu já passei por uma situação parecida. De antemão te falo: tomar a decisão não é fácil. Existem inúmeros fatores que influenciarão na sua decisão, assim como influenciaram na minha quando eu vivi uma situação muito semelhante.

A primeira coisa que eu gostaria de te falar é o seguinte: “NÃO TOME UMA DECISÃO APRESSADA!”. Esse tipo de decisão tem que ser tomada com cuidado para que possamos analisar cuidadosamente as possibilidades e os fatos.

Tendo isso em mente, gostaria de levantar alguns questionamentos que você deve se fazer antes de tomar essa decisão.

Qual é a sua aptidão?

Ao que deu a entender, você ainda não exerce um cargo de liderança, certo?

A primeira coisa que você deve se perguntar é se você se sente apto a liderar uma equipe. Muitos pensam que gerir é apenas mandar e é aí que mora o perigo.

Para te ajudar a pensar, gostaria de sugerir a leitura desse artigo que eu publiquei no portal NossaVia.

Você gosta do que você faz?

Você gosta do seu serviço atual? Gosta do clima da empresa, da empresa, dos funcionários?

E a nova empresa? Você conhece algo dela? Alguém que trabalha lá que possa lhe falar como é o clima, como são as pessoas, regras da empresa, etc?

Posicionamento no mercado

É muito importante que você saiba qual é o seu posicionamento no mercado. Existem vários tipos de níveis de cargos (estagiário, técnico, analista, líder, gerente, diretor, …). Pense que você estará subindo um nível passando (provavelmente) de analista para líder. Qual é a probabilidade de você conseguir um cargo de liderança em outro local com o seu currículo atual?

Se você pegar esse cargo na sua empresa atual, você estará pulando um nível e sua colocação no mercado com certeza será melhor.

Promessas podem ser só promessas

Mas nem tudo são flores, não é mesmo? Pelo que eu entendi, a sua empresa não te deu um prazo e você não tem nem idéia de quando essa promoção pode acontecer.

Já vi muitos casos onde as promessas ficaram somente da boca pra fora e nada nunca aconteceu. Você está preparado para essa possibilidade?

Dinheiro não é tudo

Ter dinheiro é sempre bom… Quanto mais, melhor não é mesmo? Mas pense direito: Você está realmente precisando da diferença salarial que o novo emprego lhe oferece? Precisa disso imediatamente?

Não se esqueça que se você for promovido na sua atual empresa, seu salário deve aumentar e possivelmente, para um valor maior do que estão te oferecendo nessa vaga.

Perspectivas de crescimento

Quais são as possibilidades de crescimento nas duas situações? Aonde você está, a sua perspectiva de crescimento é boa pois já lhe comunicaram que você irá ser promovido caso o novo setor abra. Só que não é bom parar por aí… Qual é a perspectiva de crescimento em cargos acima do cargo que foi proposto?

E a perspectiva na vaga que lhe ofereceram em outra empresa? O plano de carreira lá lhe dá poucas ou muitas opções? Lembre-se que indo pra lá, você terá que começar tudo do zero (confiança, amizades, etc).

-

Resolvi responder a pergunta do Ricardo abertamente no blog porque essa situação é algo que, por incrível que pareça, acontece frequentemente em algumas áreas. Compartilhe conosco suas experiências com situações semelhantes deixando um comentário e lembre-se: um bom planejamento pode evitar grandes problemas.

About The Author

Empresário (CEO da agência de comunicação PIBIT) e consultor de tecnologia da informação e comunicação digital, é o fundador e editor do blog Produzindo.net. Se dedica a essa atividade pela paixão que tem pelo lema que tomou para a sua vida: “aprender para ensinar”.

One Response