Hoje o mercado de trabalho está cada vez mais segmentado. Neste quadro, os profissionais têm a possibilidade de avaliar seus objetivos e se dedicar a trabalhar naquela profissão que for mais adequada ao seu perfil.

Existem várias opções. Se você esta começando agora, este artigo vai ser perfeito para lhe mostrar em qual área suas habilidades são mais desenvolvidas. Para você que já é um profissional experiente, mas que deseja mudar de ares, o assunto de hoje também vai ser bom, pois irá te mostrar onde suas competências podem ser mais valorizadas.

O Terceiro setor (ONG’s)

Esta é uma área nova que vem se desenvolvendo cada vez mais, impulsionada principalmente pela responsabilidade sócio-ambiental e pela sustentabilidade, que hoje está em foco.

Dessa forma, o terceiro setor tem se tornado um campo de trabalho significativo para inúmeros profissionais, desde administradores até advogados e psicólogos. Já existem cursos específicos para essa área e grandes empresas – tal como Bradesco, Sky e Banco do Brasil – abrem inúmeras vagas de trabalho para profissionais que desejam atuar em suas instituições sociais.

Para quem deseja trabalhar com o objetivo de ajudar os outros e fazer o bem para o próximo e/ou para a natureza, este é um ótimo campo. Um dos aspectos negativos é que muitas das ONGs possuem recursos escassos, muitas vezes provenientes de doações. Isso significa que falta de condições para se contratar de um equipe numerosa, o que pode acabar gerando uma sobrecarga de trabalho e gerenciamento de várias atividades ao mesmo tempo.

Emprego público

Para o profissional que prefere estabilidade e um bom salário, o emprego publico se mostra como uma boa opção.

Ser aprovado em um concurso hoje requer muito tempo de estudo e dedicação. Alguns especialistas dizem que o ideal para se passar em um concurso de nível médio, seria a dedicação pelo período de 6 meses a 1 ano, enquanto que a nível superior, a dedicação seria de 1 a 2 anos.

Se este é o seu perfil, encare o desafio. Grandes empresas estatais – tal como Petrobras, Correios, Caixa Econômica e Banco do Brasil – oferecem boas oportunidades de crescimento para seus funcionários. Porque não ser um deles?

Mercado de trabalho tradicional

Para aquele que opta pelo tradicional trabalho com carteira assinada em empresas particulares, existem vários meios para se conseguir um emprego.

O essencial, neste caso, é primeiro definir em que tipo de organização você gostaria de ingressar. Por exemplo: indústria, empresa comercial ou prestadora de serviços?

Além disso, para aqueles que estão começando agora, não se esqueçam dos estágios e programas trainees. Quando existentes são importantes canais de ingresso para se conhecer mais sobre a cultura organizacional e alcançar uma vaga na empresa desejada.

Empresa própria

Esse é o sonho de muitas pessoas: montar seu próprio negócio e se tornar seu “próprio patrão”. Nesta opção, há dois tipos de pessoas que se encaixam perfeitamente. O primeiro grupo são os universitários, que acabam seu curso e se interessam em abrir logo sua empresa para colocar em prática seu conhecimento. O segundo grupo é direcionado para aqueles profissionais que já possuem uma boa experiência em seus empregos e, exatamente por possuir esta experiência, pedem demissão de seus empregos e partem para a abertura de seu próprio negócio.

E você, caro leitor, o que mais lhe agrada? Fazer o bem através do serviço social? Alcançar a estabilidade com um emprego público? Se aventurar em uma empresa? Ou encarar os desafios de se tornar empreendedor? FAÇA SUA ESCOLHA!