Você que já leu algo voltado para a criação de novas empresas, com certeza já ouviu falar do termo startup. Está é, sem dúvidas, uma das palavras-chave no meio e é importante conhecê-la.

O que é uma Startup?

Em poucos minutos de pesquisa no Google (que já foi uma startup), consegui encontrar diversas definições para o termo, mas é sempre bom darmos uma pincelada no assunto para que o leitor frise bem a importância deste conceito.

Eu particularmente gosto muito da definição dada pelo Sebrae:

“Empresas de pequeno porte, recém-criadas ou ainda em fase de constituição, com atividades ligadas á pesquisa e desenvolvimento de idéias inovadoras, cujos custos de manutenção sejam baixos e ofereça a possibilidade de rápida e consistente geração de lucros”

Quando leio este conceito logo me lembro do inicio do Facebook, a rede social criada em um quarto de um universitário americano que em poucas horas havia conseguido um número considerável de membros, e que  hoje conta com 500.000 milhões de usuários. Denovo: (…) rede social criada em um quarto de um universitário (…).

Outra exemplo bacana é o Google, que através do retorno obtido pela publicidade online, teve um crescimento absurdamente rápido. Aliás, o Google possui ainda hoje, duas características importantes de uma startup: é um negócio repetível e escalável, com a capacidade para abranger um grande mercado de nível mundial, e não apenas um nicho especifico.

Podemos ainda destacar a palavra inovação. Um ponto importante que considero aqui é que inovar não quer dizer necessariamente que você vá criar um produto ou serviço totalmente novo, pode muito bem significar criar algo que já existe no mercado, porém com características diferentes. O próprio Google, quando foi lançado, concorreu com outros buscadores que estavam a mais tempo no mercado – tal como Altavista, Cadê, etc.

Como exemplo brasileiro, temos a agência de publicidade Boo-Box, que recebeu investimentos de milhares de dólares, e também gosto de citar o Empreendemia. Os caras do Empreendemia criaram uma rede social especificamente voltada para empreendedores justamente quando muitos pensavam que as redes sociais já tinham dado sido exauridas, em termos de novidades. E o melhor de tudo é que ambos são projetos totalmente brasileiros que estão dando certo, mostrando que nós também temos potencial para crescer neste mercado.

E você, já está em processo de criação de sua startup?

About The Author

Cursando faculdade de Administração de Empresas pela FACER, atua na área administrativa e docência dentro do Terceiro Setor. Tem experiência com divulgação, publicidade, marketing Digital, docência e gestão no terceiro Setor. Também é autor do blog Liberdade Testada e Vale Empreender.