Antes que você me pergunte, não vou falar de nutrição ou saúde, nem de exercícios físicos! O Brasil está em uma fase de franco crescimento, isso todos nós sabemos. É um oba-oba e está todo mundo feliz, ótimo! Calma, não vou reclamar do crescimento do país, dizer que não é sustentável ou dar qualquer outra previsão pessimista para a economia. A única coisa que vou fazer é te perguntar: será que isso vai durar para sempre?

A resposta é: não!

A economia ao redor do mundo vive de altos e baixos, e certamente em alguns anos acontecerá outra crise que fará com que esse desenvolvimento rápido não seja o mesmo, irá enfraquecer. Não acha? É assim que o mercado funciona.

Ok, eu disse que não traria nenhuma previsão pessimista e acabei o fazendo. Mas esse não é o ponto central que quero falar por aqui, o que quero realmente trazer para você é a solução para superar essas dificuldades (quando chegarem). A má (ainda acho que é boa) notícia é que será necessário disciplina e esforço. A boa notícia é que é possível aprender disciplina e esforço. A ótima notícia é que só depende da sua vontade!

Você deve aproveitar ao máximo o momento atual. Diferencie-se, consolide-se, fortaleça-se. Então, na hora da crise, você irá superá-la com facilidade. Aí vão algumas dicas.

  • Não engorde: não deixe a sua equipe ou empresa inchar. Mantenha os profissionais produzindo e mantenha o grupo enxuto. Quando há bastante dinheiro ou ele entra fácil, é comum que as empresas aumentem o número de funcionários. Mas avalie se eles realmente são necessários. Será que treinando e motivando os atuais eles não iriam produzir o extra que você está precisando? A outra vantagem é: quando chegar a crise, você não vai precisar demitir ninguém. Além disso ser uma tarefa bastante desagradável de se fazer, você não vai deixar ninguém sem emprego (pense nisso).
  • Treine: faça isso muito com a sua equipe. Treine você mesmo, se tiver dinheiro contrate uma empresa ou um profissional de treinamento. Incentive os que trabalham com você a estudar e a se qualificarem ainda mais, consiga livros, DVDs e CDs de treinamentos. Não deixe que sua equipe se acomode. Se possível, tenha um programa de treinamento na sua empresa. Incentive que as pessoas busquem se desenvolver e os seus resultados serão do tamanho das pessoas que trabalham com você.
  • Invista, não gaste: é fácil confundir um com o outro, tome cuidado. E não justifique gastos como sendo investimentos, nossa mente nos engana facilmente nesse ponto (fique atento). Invista consciente, pense no que você faria se não tivesse muito dinheiro disponível. Como você o gastaria? É assim que você deve gastar o dinheiro que tem hoje!

Pense no que você está fazendo e em como está fazendo em relação a isso. Se a sua empresa ou equipe está crescendo muito rápido você deve prestar ainda mais atenção e fazer com que as pessoas envolvidas entendam a importância desse assunto.

É simples, mas não é fácil, sei disso. Mas você precisa ser firme e persistente para aplicar e controlar os recursos que hoje são fartos, pois eles não serão pra toda a vida. Previna-se, prepare-se e se supere sempre.

About The Author

Vendedor assumido! Estudante de Gestão Comercial e liderança, áreas em que será um eterno aprendiz. Atua como consultor independente nas áreas comercial e de vendas, auxiliando empresas e grupos de vendedores a atingir suas metas e objetivos.