Entrevista. Essa é uma palavra que dá calafrios em muita gente. Basta se imaginar diante de um recrutador fazendo perguntas sobre sua vida profissional (que as vezes é bem pequena ou inexistente) e até pessoal, que muita gente treme na base. Existem inúmeras dicas que podemos dar sobre o que fazer numa entrevista de emprego, mas não é tão fácil achar por aí dicas sobre o que não fazer.

Você já pensou nisso? Pois bem, está na hora de começar. Separei logo abaixo uma lista com vários erros que você não deve cometer em uma entrevista de emprego.

entrevista

Chegar atrasado

Esta é uma das maiores gafes que se pode cometer em uma entrevista de emprego. Chegar atrasado demonstra, no mínimo, falta de comprometimento com os compromissos que assumiu. Uma pessoa sem comprometimento não tem condições de assumir qualquer tipo de cargo, pois qualquer trabalho exige um comprometimento do empregado em realizar as tarefas que lhe foram atribuídas.

Assim, planeje-se para chegar sempre uns 10 minutos antes da hora marcada. Busque informações sobre o tempo, sobre o trânsito e sobre quaisquer problemas na cidade ou em casa que possam atrasá-lo, e você com certeza conseguirá chegar mais facilmente no horário agendado.

Atender ao celular ou mandar mensagens

Deixa eu te perguntar: se você está conversando com alguém, você gosta que a conversa seja interrompida porque o celular da outra parte tocou? É, no mínimo, desagradável.

Um entrevistador com certeza não vai enxergar com bons olhos um candidato que interrompe uma entrevista para falar no celular, ou que fica ocupado durante alguns momentos mandando mensagens. A regra é muito simples: desligue o seu celular e só torne a ligá-lo quando sair da entrevista.

Se houver uma situação grave em que exija seu celular ligado (tal como problemas de saúde de parentes, por exemplo), informe o entrevistador logo no início da entrevista, compartilhando o motivo pelo qual você pode ter que atender o celular por uns instantes. O combinado não sai caro, mas lembre-se: apenas faça isso em situações em que você atender ao telefone seja indispensável, que problemas graves possam acontecer caso você não atenda.

Vestimentas inapropriadas

Pense da seguinte forma… Você vai visitar alguma grande personalidade de bermudas e chinelo? O que você pensaria se fosse fazer uma entrevista para uma empregada doméstica que chegasse para a entrevista de roupas de banho e chinelos, ou com aqueles shorts bem curtos? Não faz sentido, não é mesmo?

Quando você for se arrumar para uma entrevista de emprego, busque informações sobre como as pessoas se vestem nessa empresa ou nesse tipo de emepresa. Por exemplo, na área de tecnologia da informação, há muitos cargos em que é comum você ver os empregados trabalhando com roupas esporte (sapato, calça jeans ou de brim e camisa, por exemplo), enquanto numa firma de advocacia, é extremamente incomum você ver homens com outra roupa que não seja terno e gravata.

Não saber nada sobre a empresa

Quando você manda o currículo para uma empresa, você deveria mandar por algo mais que apenas o salário. Assim, você deve buscar conhecer um pouco sobre a empresa antes de se candidatar. Se você foi convidado para uma seleção sem ter mandado o currículo, você também deveria buscar informações sobre essa empresa para não se meter em nenhuma enrascada ou para não perder uma oportunidade fantástica.

Assim, procure pessoas que trabalham na organização onde você vai fazer a entrevista e busque entender o que é a empresa, como funciona, como ela lida com seus funcionários, etc. Se você não conhecer ninguém que trabalhe lá, busque pessoas nas redes sociais que trabalhem e busque notícias sobre a empresa nos sites de busca. Com certeza você encontrará informações valiosas.

Falar mal do antigo (ou atual) chefe/empresa

Porque você contrataria alguém que chega na entrevista falando mal do antigo emprego e/ou do antigo chefe? A lógica é muito simples: se o candidato está fazendo isso com outra empresa, no futuro ele poderá fazer com você e com a empresa onde você trabalha.

Assim, busque não denegrir a imagem do local onde você trabalha ou das pessoas com que trabalha. Isso geralmente não é visto com bons olhos pelo entrevistador.

Vocabulário

Você não precisa mostrar que tem um vasto vocabulário, nem precisa mostrar também que não tem. Assim, busque não exagerar em palavras complexas e não usuais. Busque também evitar gírias a todo custo, principalmente em entrevistas para cargos em que você tem que lidar diretamente com o cliente da empresa.

Usar gírias em uma entrevista é mais ou menos como aparecer por lá de bermuda, camiseta e chinelo. Causa uma grande má impressão.

Mentir nas qualificações

Se você chegou até a entrevista é porque alguém gostou do seu currículo, ou simplesmente porque alguém quer conhecê-lo pessoalmente para saber como é e como foi a sua vida profissional até o momento. Quando você informa que tem uma certa qualificação, você deve, de fato, possuí-la.

Selecionadores são pessoas treinadas para ler as pessoas. Eles conseguem captar facilmente quando uma pessoa está mentindo, e mesmo quando não conseguem, a verdade virá à tona quando você for contratado e precisar utilizar uma qualificação que você não possui.

Assim, evite queimar o seu filme e não minta numa entrevista.

Aparentar desinteresse

Pode parecer ilógico aparentar desinteresse numa entrevista de emprego. Afinal, você está ali porque se interessa naquela vaga. Se, por qualquer motivo, a vaga não te interessar, pense se você realmente já obteve todas as informações que precisa para definir o seu interesse pela vaga e fale isso para o selecionador.

Contudo, se você tem interesse, não fique olhando para o vento, nem fique com cara de paisagem. Mostre interesse no que o selecionador está falando para você sobre a empresa, sobre a equipe de trabalho, sobre a vaga. Faça perguntas, interaja. Caso contrário, você demonstrará que é desinteressado não só naquela entrevista, mas também no trabalho ao qual realizará, e provavelmente será descartado.

-

Fique sempre atento a essas dicas para não fazer feio. Fique atento também aqui no Produzindo.net, pois na semana que vem eu irei postar a parte dois deste artigo com mais algumas dicas para você não cometer erros numa entrevista de emprego.

About The Author

Empresário (Diretor de Operações da Data Power Team) e consultor de tecnologia da informação e comunicação digital, é o fundador e editor do blog Produzindo.net. Se dedica a essa atividade pela paixão que tem pelo lema que tomou para a sua vida: “aprender para ensinar”.

3 Responses

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*