A cada dia, o brasileiro se mostra mais preocupado com seu futuro. Com o recente aparecimento da crise, a ideia de se preparar desde agora para uma vida mais confortável lá na frente ganhou mais força. É baseado nesses pensamentos que muitos começam a investir seu dinheiro agora para que depois alcancem a tão sonhada independência financeira. É interessante ressaltar que existem vários tipos de investimento, cada um com sua particularidade e perfil.

Educação: Um grande ativo

A maioria dos jovens tem seu primeiro investimento em si mesmos, em sua educação. Alguns optam por um curso universitário, outros por cursos técnicos ou tecnólogos. Mas o que realmente importa nesse investimento é que o resultado realmente os torne preparados para o mercado de trabalho e, conseqüentemente, a obter bons frutos desse investimento. Procure conhecer bem a instituição para fazer uma escolha consciente:

  • Converse com ex alunos sobre os métodos de ensino, freqüência dos professores, infra-estrutura e cumprimento da grade curricular.
  • Verifique certificados e comprovantes que regularizem o ensino.
  • Vale até pesquisar na internet, em busca de notícias que por ventura tenham sido veiculadas na imprensa.

Aplicações Financeiras

O interessante neste modelo de investimento é que existem várias opções para se aplicar, que variam de acordo com o perfil de cada pessoa. Existem os investimentos mais seguros, como a poupança e os títulos públicos, e outros que são mais arrojados, destinados àqueles que gostam de arriscar mais, como a bolsa de valores.

Agora se você teme escolher uma opção ruim por não saber seu perfil de investidor, os bancos estão disponibilizando a API (Análise do Perfil do Investidor). A API consiste num questionário a ser respondido cujo resultado irá apontar se você é um investidor de perfil conservador, moderado ou arrojado. Eu tive a oportunidade de preencher uma API e aconselho você a pedir essa alternativa ao seu banco para verificar seu perfil antes de realizar alguma aplicação.

Libertando seu espírito empreendedor

Trabalhar em algo que lhe dá prazer e ao mesmo tempo lhe rende algum lucro: nessas situações surgem os empreendedores. Para estes a melhor forma de investimento é sem dúvida abrir o seu próprio negócio. Cada vez mais pessoas estão montando seus empreendimentos, de pastelarias a oficinas de carro ou escolas de informática, mas o que diferencia esse profissional dos outros será a chave de seu sucesso. Os empreendedores hoje estão mais preparados do que antes, estão informados sobre seu setor atuação, estão fazendo ótimos planos de negócios e se profissionalizando cada vez mais. Quem sabe, montar um empreendimento não seja seu melhor investimento?

Imovéis

Muitos consideram os imóveis como um investimento seguro mas hoje, com a gangorra da economia, não se pode mais pensar assim. Não se esqueça que a recente crise começou com  o superaquecimento do setor  imobiliário nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, quem deseja investir nessa modalidade deve, como qualquer outro investimento, procurar estudar e analisar suas particularidades, e escolher a melhor forma de agir. Por exemplo, o que compensaria: manter um imóvel no aluguel ou comprar e revender ?

Esboçamos várias modalidades de investimentos. Escolha aquela que você acha mais adequada a seu estilo e lembre-se que, antes de envolver seu “suado dinheirinho”, estude e analise detalhadamente a opção que você escolheu.

 

One Response