O que é RSS?

Uma das coisas mais legais que os sites e blogs em geral oferecem hoje-em-dia é a possibilidade de usar o RSS para disseminar o seu conteúdo de maneira muito prática. Conheci muita gente importante (bloggers, jornalistas, analistas e outros profissionais) que não tinha idéia do que se trata nem os benefícios do seu uso. Dependendo do nicho de um site, é provável que a maioria dos seus leitores também não saibam nem do que se trata.

Vamos lá, o que é RSS?

Antes de falar sobre RSS, temos que entender primeiro o que é XML. XML é uma linguagem interpretada de computação criada para armazenar dados diversos. Sua principal vantagem é não estar vinculada à nenhuma outra linguagem (java, php, asp, C, etc) ou plataforma (windows, mac, linux, unix, etc).

RSS (Really Simple Sindication) é um formato de armazenamento de dados com uma estrutura específica dentro da na linguagem XML. A idéia é disponibilizar o conteúdo de um site de forma a possibilitar que leitores possam visualizá-lo em aplicações específicas, chamadas de agregadores ou leitores rss.

“O que são esses leitores/agregadores? Ainda não entendi…”

Os leitores RSS (ou também chamados de agregadores) são programas de computador e/ou sites com sistemas que permitem que você cadastre os seus sites favoritos de forma a centralizar a leitura de todos eles em apenas um local. A sua utilização evita que você tenha que entrar em site por site para ler as novas notícias dos locais que lhe interessam.

Depois que você cadastra o endereço dos feeds RSS que você desejar, o agregador vai automaticamente nesses endereços e busca novidades no conteúdo do site. A única coisa que você tem que fazer é abrir o leitor/agregador e visualziar o conteúdo dos sites que cadastrou.

Feed: O termo feed vem do verbo em inglês “alimentar”. É o endereço do arquivo RSS que contém o conteúdo (comparando toscamente, o alimento) que o site publicou e o seu leitor irá buscar.

Leitores integrados aos navegadores

Hoje, o Internet Explorer e o Firefox já entenderam a importância do RSS e como ele está mudando o futuro da internet. Ambos têm um leitor embutido e facilitam a vida de quem está começando. O único problema dos leitores nos browsers é que ainda é difícil manter a organização neles.

Softwares…

Se você não é adepto do uso de ferramentas online, existem milhares de ferramentas para o seu desktop. A única ferramenta que eu pude testar foi o RSSOwl que, apesar de muito boa, não me segurou perante as seduções das aplicações web.

Leitores online

Existem várias opções de leitores/agregadores online. De longe, a melhor e mais usada delas é o Google Reader. É muito fácil adicionar novos feeds, organiza-los, visualizar conteúdos antigos, etc. Até algum tempo atrás, era o único agregador que gravava o conteúdo, permitindo que você visualize qualquer notícia que você já tenha visto antes. Outra vantagem é que, tal como o GMail, o Google Reader também possui um notificador que você pode instalar no seu computador. Ele lhe informa sempre que houverem novos conteúdos não lidos. De todas as opções, essa é a que eu recomendo.

Google Reader

Se você ainda não usa RSS, começe logo. RSS é o futuro!