Ouvimos muitas pessoas falarem sobre empresários, empresas, negócios, etc. Mas você sabe o que é um negócio?

crescimento-empresarial

Antes que as mentes mais pérfidas possam pensar besteira, negócio pode ser entendido basicamente como a posse ou participação em uma empresa que gere renda. Mas vamos um pouco além dessa definição simplória…

O seu negócio deveria funcionar sem você

“Sem mim? Como assim?”

Nos seus livros, Robert Kiyosaki fala que quanto mais negócios e empresas os grandes empresários tem, menos eles trabalham. A idéia central é repassar esse trabalho para pessoas mais capacitadas que você, contratando gente que especializa e se atualiza em diversas áreas adquirindo um conhecimento mais detalhado e mais técnico do que você tem.

“E qual é a vantagem disso?”

A resposta é muito simples: tempo livre. O tempo é o bem mais precioso que nós temos e podemos utilizá-lo para diversos fins. Quanto mais tempo livre você tem, mais tempo você pode se dedicar à, por exemplo, abertura de um novo negócio. Ou ainda tirar umas férias de uns dois meses… Quantas pessoas que você conhece que podem se dar ao luxo de viajar durante dois meses e na volta ver que sua empresa continuou crescendo durante a sua ausência?

“E como posso me desvincular da minha empresa?”

Para desvincular a sua empresa da sua administração, além de contratar gente que faça esse trabalho por você, é necessário criar uma série de procedimentos, sistemas e regras que devem ser concebidos para controlarem o negócio de uma forma que você precise apenas monitorar o que se passa na empresa (coisa que pode ser feita à distância).

Conseguiu? Use o tempo de sobra com algo útil

Existem várias formas de investir o seu tempo livre de forma a lhe dar um retorno bem positivo. Não precisamos estar sempre estudando e pesquisando sobre assuntos relacionados à negócios, economia e investimentos para crescermos na vida. Ter tempo para a família e para o seu lazer é um investimento significativo, pois vai impactar diretamente na sua qualidade de vida, no seu estado de espírito e na sua disposição.

Você não concorda com a definição ou com os pontos ditos no artigo? Deixe um comentário abaixo ou discuta o assunto conosco e com os outros leitores no nosso fórum.

About The Author

Empresário (Diretor de Operações da Data Power Team) e consultor de tecnologia da informação e comunicação digital, é o fundador e editor do blog Produzindo.net. Se dedica a essa atividade pela paixão que tem pelo lema que tomou para a sua vida: “aprender para ensinar”.

Related Posts

6 Responses

  1. Carlos Silva

    Ótimo artigo Bernardo.

    Um abraco,
    Carlos

  2. Daniel Docki

    “Para desvincular a sua empresa da sua administração, além de contratar gente que faça esse trabalho por você, é necessário criar uma série de procedimentos, sistemas e regras que devem ser concebidos para controlarem o negócio de uma forma que você precise apenas monitorar o que se passa na empresa.”

    É esse o grande problema que eu vejo…eu trabalho em uma das empresas do meu pai, e em um outra empresa aconteceu alguns erros muito ruins relacionados as pessoas que foi colocadas como cargo de confiança…e ai que mora o perigo, que aconteceu erros administrativos, e levou algum tempo para identificar os erros.

    É uma coisa que eu sempre lutei por por minimizar os erros, acho que não tem como evitar eles, mas no grosso modo tem como minimizar eles, a grande questão é como?

    • Bernardo Pina

      Primeiramente temos que tomar cuidado com quem colocamos no cargo de confiança. Afinal, ele não é de confiança à toa! ;)

      Para sabermos escolher uma pessoa que irá gerar menos problemas, temos que analisar todos os seus feitos em gestões anteriores (seja na própria empresa, seja em outras empresas). Busque tendências nas suas tomadas de decisão antigas e veja se essas tendências são compatíveis com o cargo pretendido.

      Acho que essa é uma boa forma de análise! =)

    • Paulo Magnus

      Daniel,

      Sugiro que você verifique se a pessoa que adquiriu o cargo de confiança não tinha total conhecimento ou não o foi passado todos os procedimentos e regras de controle do negócio, conforme relatado por Bernardo.

      Uma vez que existe regras e procedimentos bem definidos e bem divulgados a todos os envolvidos, as coisas fluem cada vez mais sem que precise de sua presença.

      Até mais!

  3. helder

    Boas Bernardo Pina

    gostaria de saber qual Ë a parte forte/ parte fraca/ opurtunidades e vantagens de um negocio cujo o ramo de accesorios para vehiculos automoveis. sabendo que a concorrencia no mercado esta em primeiro lugar.

    Agradecia se me desse esse topicos.

    Passar bem

    Helder