Como você é no seu trabalho? Você gosta de mostrar serviço e fazer mais do que lhe é pedido ou você simplesmente faz o que lhe é de dever e fica quieto na sua?

Infelizmente uma boa parcela da população prefere fazer o seu trabalho e ficar quieto. Já vou avisando desde já: precisamos mais do que isso para crescer no nosso emprego.

profissional-01Se você não contar para os seus chefes do que você é capaz, eles poderão nunca reparar. Muitas vezes eles estão tão concentrados nos seus afazeres que não percebem que estão subestimando a capacidade de seus funcionários. Falar para eles que você quer crescer, que você almeja um determinado cargo, pode fazer eles prestarem mais atenção em você para analisar se você é capaz. Em alguns casos até mesmo treina-lo até que você fique no ponto certo para ser promovido.

“Certo. Tudo isso é muito bom, mas como eu poderia mostrar esse meu interesse para os meus chefes?”

Mostrar interesse não significa chegar para o seu chefe e falar: “Sou bom e quero uma promoção!”. Você tem que fazer as coisas fluirem naturalmente e para isso existem diversas oportunidades que surgem no nosso dia-a-dia que dão brechas para você mostrar seu trabalho. Veja algumas sugestões:

  • Reuniões
    Seja mais ativo e mais presente nas reuniões. Dê opiniões e mostre a todos o que o seu trabalho tem feito para ajudar a empresa a alcançar seus objetivos.
  • Conversas formais e informais
    Aproveite as conversas com os seus superiores para comentar sobre os cursos e palestras que você tem frequentado. Assim eles saberão que você está buscando seu crescimento e poderão até mesmo te indicar o caminho certo a seguir para alcançar a sua vaga desejada.
  • Novos projetos
    Se você se acha capaz, aproveite a criação de novos projetos para comunicar o seu interesse em lidera-los ou participar da sua equipe.
  • Avaliação de desempenho
    Se a sua empresa possui um programa de avaliação de desempenho, leve-o a sério. Esse é o momento certo para você saber o que o seu chefe espera de você e também de você mostrar o que você espera da empresa: crescer. Assim será mais fácil saber o caminho que você tem a percorrer para alcançar o que deseja.
Não espere as coisas cairem do céu no seu colo. Corra atrás porque a disputa é sempre acirrada no mercado de trabalho.

11 Responses

    • Bernardo Pina

      Foi pensando nisso que escrevi o artigo. Lendo o livro “Pai rico, pai pobre” percebi que somos ensinados a não arriscar nada nas nossas vidas. Ao invés de arriscar um pouco para conseguir muito, preferimos ficar com pouco, arriscando nada ou quase nada. Erro grave no nosso ensino “básico”.

  1. Daniel Docki

    Pior que é assim mesmo, eu vivo em uma realidade diferente, meu pai é um tremendo empreendedor, tem 3 empresas, estamos com muito projetos para o futuro e ele já perdeu, mas ganhou muito mais do que perdeu…

    • Bernardo Pina

      Uma vez o Robert Kiyosaki (autor do Pai rico, pai pobre) perguntou ao seu pai rico o que ele diria para um médio investidor. A sua resposta: “Não seja medíocre”. Não precisa dizer mais nada, certo? =P

  2. Gustavo Periard

    Não ser medíocre já é um grande começo.
    Precisamos aprender a arriscar… por mais assustador que isso possa parecer para alguns.
    é o famoso “quem não arrisca não petisca!” ;)
    Mostre-se!

    Abraço!

  3. Ellen Clemente

    Acho que cada um tem que dar o melhor de si para ser alguem na vida. O mercado de trabalho hoje em dia esta competitivo demais mas querer é poder e todos nós podemos. Só falta mostrar que somos capazes e arriscar!

  4. Giselle

    Acredito que se arriscar é um bom começo, o mercado procura profissionais que sejam visionários e pró ativos.

  5. Thaiany

    Sim, o importante é se expor!
    contudo existem muitas pessoas que forçam demais e por isso, nao sao levadas muito a sério. Nesses casos, tem que ter coerencia para saber lidar com cada situação, para nao ser disperdiçada!

    Otimo artigo! =D