Já li em alguns lugares que o Brasil é um país que tem um crescimento absurdo de novos empreendedores. Ao mesmo tempo o país que tem mais micro empresas que estão falindo ou já o fizeram. Temos o potencial, mas o que faz dar tudo errado?

A maioria das pessoas, quando vai abrir um negócio, ou abre um negócio em uma área já saturada ou quer reinventar a roda (e neste ultimo caso, ainda faz mal feito). O mercado não funciona assim!

Temos que inovar!

O cliente é um ser sedento por novidades, principalmente os que tem mais dinheiro para gastar. Se você apresenta a ele um produto semelhante a outro produto que ele já compra, ele provavelmente vai continuar comprando o outro produto e não o seu!

“Ok, me ajude! Como faço para ter boas idéias?”

Bom, as idéias mais criativas vem de insights fulminantes. Mas se você não é uma pessoa que tem isso naturalmente, não fique triste, para tudo há solução!

Eu sou o tipo de pessoa que não costuma ter esses insights. Mas eu não desisto e é isso que faz a diferença. Já perdi a conta de quantas vezes na minha vida eu já precisei de idéias para alguma coisa e, pensando muito durante muito tempo, a idéia vinha. Um exemplo claro disso é este blog… Eu queria muito construir um blog, mas não sabia sobre o que. Eu queria criar um blog de nicho e a idéia sobre a sua temática simplesmente não vinha. Apenas depois de 4 meses (janeiro a abril de 2007) pensando em várias alternativas, consegui chegar à um modelo ideal. Como? Persistência e estudo.

Costumo dizer aos meus amigos que existem dois tipos de pessoas nesse mundo (em matéria de criação e aprendizado):

  1. As que nasceram para fazer uma coisa
  2. As insistentes (meu caso)

Portanto, se você precisa fazer algo mas não tem idéia por onde começar, fica aqui as duas dicas que irão te salvar:

  • Saiba esperar
  • Seja insistente

“Os mais fortes de todos os guerreiros são estes dois — Tempo e Paciência.”
Leo Tolstoi

About The Author

Empresário (CEO da agência de comunicação PIBIT) e consultor de tecnologia da informação e comunicação digital, é o fundador e editor do blog Produzindo.net. Se dedica a essa atividade pela paixão que tem pelo lema que tomou para a sua vida: “aprender para ensinar”.

4 Responses

  1. Carlos Mello

    é isso aí, eu que não sou empreendor, mas vivo num mundo envolvido pelo marketing, que é o esporte concordo plenamente com isso, há os que nascem pra aquilo e os que persistem, e muitas vezes os que persistem chegam mais longe do que os que nascem pra isso… porque quanto mais se busca, maior é o resultado…
    excelente texto, sempre me ajudando mesmo estando em outro ramo.
    e como dizia Che:
    “Seamos realistas y hagamos lo imposible.”

  2. Anny Rose

    É interessante como isso também se aplica aos blogs: Se você não tem conteúdo original, inovador, que difere dos já existentes, com certeza as pessoas não irão acessa-lo.

    Até mesmo para os que tem facilidade em ter idéias, é interessante guarda-las e amadurecê-las por um tempo, antes de coloca-las em prática.

  3. Bernardo Pina

    Carlos, fiquei muito feliz de ler seu comentário porque a idéia do blog é servir para várias áreas de conhecimento, incluindo a sua! =)

    Anny, sem dúvidas… Boas idéias, com o seu devido amadurecimento, podem se tornar idéias geniais!