Hoje, sem dúvida nenhuma, devemos sempre nos reciclar para podermos absorver mais conhecimentos pertinentes a nossa área de atuação profissional. Pode ser através de cursos, seminários ou palestras, o que vale mesmo é estarmos abertos a aprender coisas novas e, mais importante, colocá-las em prática.

Recentemente eu li o livro “Virando a Própria Mesa”, de Ricardo Semler. Confesso que o comecei a ler incentivado pelos textos já existentes aqui no Produzindo, e tão logo comecei a lê-lo, logo nas primeiras páginas, vi que não me arrependeria de tê-lo comprado. Gostaria então de compartilhar com vocês um pouco do que eu li.

Informações gerais

Título: Virando a própria mesa
Autor: Ricardo Semler
Número de páginas: 231
Editora: Rocco
ISBN: 8532513484
Faixa de preço: R$25 a 40

Clique aqui para comprar esse livro no Submarino

 

Uma experiência de vida inovadora

Para começar, acho muito importante notar que esse é o primeiro livro de Ricardo Semler, publicado pela primeira vez no ano de 1988. Porém isso de forma alguma tira nenhum mérito da obra, pelo contrário: ainda hoje as suas idéias são bastante inovadoras e práticas. Ricardo não fez o mesmo que muitos autores costumam fazer, ele tratou dos assuntos do livro não somente baseado em teorias, mas também na experiência prática das suas idéias que aplicou em sua própria empresa.

Ele pegou assuntos de vários níveis de complexidade, tal como a administração do tempo e a questão das empresas familiares, e soube apresentá-los de uma forma extremamente didática, fácil de ser compreendida.

Idéias brasileiras e idéias estrangeiras

Outro ponto que me chamou muito a atenção foi a profundidade e a forma que Semler abordou alguns assuntos no livro, tal como o fato de muitas empresas brasileiras aplicarem teorias estrangeiras simplesmente por achar que são melhores, mesmo que muitas delas não demonstrem grandes resultados. Temos ainda a questão da preocupação com o horário de entrada e saída dos funcionários da empresa, sendo que, para Semler, o que importa realmente é ver as metas cumpridas. Acredite, nesse último tema são apresentados argumentos bastante convincentes, bem como exemplos dentro da Semco (grupo de empresas o qual Ricardo Semler é acionista majoritário) que comprovam essa idéia.

Quebra de paradigmas

Fora toda essa revolução, o autor soube quebrar muitos paradigmas, tal como o excesso de números em relatórios contábeis, números esses que muitas vezes são desnecessários e só complicam a interpretação do relatório.

Sem dúvida nenhuma, quem pensa em fazer algo diferente no seu trabalho e empresa, ou ainda quer aplicar alguma idéia inovadora, mas que precisa de um empurrãozinho, eu sugiro fortemente que leia o livro “Virando a própria Mesa”, um manual de inovação 100% brasileiro.

About The Author

Cursando faculdade de Administração de Empresas pela FACER, atua na área administrativa e docência dentro do Terceiro Setor. Tem experiência com divulgação, publicidade, marketing Digital, docência e gestão no terceiro Setor. Também é autor do blog Liberdade Testada e Vale Empreender.

2 Responses

  1. Bernardo Pina

    Rômmulo, eu já li esse livro e eu realmente não esperava encontrar o que eu li. O cara é um gênio da administração e eu concordo muito com os seus conceitos, aonde você delega responsabilidades, não apenas atividades.

    É um excelente livro e todo gestor e/ou adminitrador (ou futuro administrador) deveria ler.